sábado, 2 de outubro de 2010

A bruxa


Cortam as espadas,
Soam as trombetas
Mais uma bela será amaldiçoada
Arderá na fogueira da ignorância
Por fazer arder o desejo no homem,
Por ver o quê outros não enxergam
Por incutir medo aos bravos,
Por falar bem em uma época
em que certo é o silêncio feminino.
Por curar e saber das coisas
que podem salvar mas que serão
tidas como influência demoníaca.
Como ousas bruxa ! ?
Falar mais alto do que a Igreja !
Ela que não admite perguntas
questionamentos, contestações;
teu pecado maior
foi nascer mulher
numa Idade de Homens
Todos os crimes que estes te
Puderem imputar, o farão.
E tu serás culpada,
cem vezes culpada.
Acabarão com tua beleza
e com a sedução
que teu corpo emana.
Um passo a frente
de homens e mulheres nas idéias
Um passo a frente
no caminho que conduz
às autoridades
que levam à força
que levam à forca
ou que simplesmente
jogam ao fogo.


@elih_nbrito