domingo, 24 de outubro de 2010

Anjo...anjo não existe...



Anjo...anjo não existe...

E porque então aguardá-los,
Se todo mal ainda resiste.
Por onde sempre caminhamos
Eu sei...é triste
Mas Anjo...anjo não existe.
E a dor, a saudade insiste
Na solidão....o Anjo não existe.

O céu nublado ainda persiste
E La do alto a chuva
Toda minha queda assiste
Eu sei...é triste
Mas Anjo...anjo não existe.
Lutar contra o vazio...tolice
Na escuridão...O anjo não existe.

No meio do transito que passa
No cinza concreto, sem graça
Na musica
Toda fragilidade incide,
E não há nada que despite
Na aflição....o Anjo não existe

Gilson Costa