terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Traduzindo você



Traduzo você
em complemento do meu verso
palavras de minha poesia
por ter sido bom, minha recompensa
Em vinho que me alucina
em minha adorável doença

Traduzo você
em 
bálsamo
quando não me esquece
em resultados
de minhas preces;
quando em minha presença
traduzo você
em paz para minha alma
em minha adorável doença
 
 
Traduzo você
em desejo
em mulher que meu corpo se prende
em tesão a qual ele se rende
em maravilha, tudo que faz diferença
traduzo você
em minha adorável doença
 
Versão Gilson Costa