quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A curta vida das flores...



O mal das flores
É que elas morrem ao serem colhidas
Perdem sua vida
Para enfeitarem a vida alheia
E com o tempo murcham,
Secam... Morrem,
Não que seriam eternas no jardim
Mas seu fim
Seria natural, ai sim...
Belas em vasos
Nas mãos da amada
Em arranjos
Mas a vida da flor...nada
Não colha a flor,
Admire-a,
Mas deixe-a
Onde ela esta...

Gilson Costa