terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

(Des) construção de um sonho



Arvore frondosa
Que no fundo da má fruto...
Mascaras de alegria
Que não condiz com rosto impoluto,
Fins que justificam os meios
Isso é que faz, o produto...

E se desvanece os sonhos
Decompõe-se a figura
Que de ti,  eu tinha
Plebéia e não Rainha...

Gilson Costa