sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

PLÁGIO E MAIS PLÁGIO




O futuro ira dizer
Se conseguiram me plagiar
Imitando meu beijo
Imitando meu olhar
Sem contar com o jeito,
Este não digo nada,
Do meu abraço, minha pegada.
Plagia-se só o que é bom
Mas às vezes não acha o tom
E o tempo vai então mostrar
Quem ousou e conseguiu
Me plagiar
Possa ate me superar
Mas igual nunca será
Quem ousar me plagiar
E a você querer amar
  
MAIS PLÁGIO

Novamente ousa me plagiar
E plagiam a nos também
Todos podem ate tentar
Mas amar você como eu... ninguém
Ter você pretensamente
ConstaNte na alma e na mente
De ti estar repleto
Ao teu lado... completo
E novamente estou a plagiar
Ofuscado por tua beleza
Tentando me recriar
Fazer parte de sua natureza
Para saciar os desejos seus
Plagio Eros e até Zeus..

Gilson Costa