domingo, 27 de maio de 2012

Rua




Rua por onde eu passo
No compasso de cada passo
E que abriga
Meus inseguros passos;
Mas se inseguros
São meus passos
Onde se encontra
O mencionado compasso?
Rua da agitação
Avenida de contraditoria
Emoção
Busca intensa paixão
Afirmativa com negação.
Todas as raças
No mesmo veiculo
No mesmo calçadão...
No fundo disto tudo
Sempre sobra confusão.
Rua que é meu rumo
Onde o futuro arrumo
Buscando o plumo...
Rua que me envolve e me toma
Que me divide mais do que soma
E que minha emoção não doma...
Serás que tu, rua
Pode me conduzir a roma?

Gilson costa