sexta-feira, 25 de maio de 2012

Apenas um vento...




Apenas um vento, um sopro, um lamento,
Para quem já foi 100% pensamento
Apenas uma pequena brisa
Que se extingue, finda

Que já não te toca
E nem te provoca
Já não mais te contagia
E nem te arrepia

Apenas um vento

Que sopra de um lado para outro
Que varre o Céu, solitário.
Tristeza, sentimento que não é pouco.
 São varias paginas do meu diário...

Apenas um vento
Carregado de saudade
Uma brisa que um dia
Já foi Ciclone, tempestade.

Gilson Costa Brito