domingo, 27 de maio de 2012



Quando os verdes dos teus olhos
Espalhar na plantação
Já dizia a canção
Mas não eram sobre teus olhos
Que é uma constelação
É luz que ilumina nossa alma
E cega nosso coração

E teus verdes olhares
Queria navegar por estes mares
Mergulhar em tua imensidão
Mas isso não me é permitido
Mas o que me importa
É que consigo ver de sua alma
A sua bela porta
Verde esmeralda, primavera em flores
Estrada de lindos amores
Que queria eu encontrar...

Quando os verdes dos teus olhos
espalhar na plantação,
olhos que são estrelas, Luas, Planetas
em órbita de sua paixão...

Gilson Costa