sábado, 26 de maio de 2012

Queria fazer parte do Céu



Queria fazer parte do Céu
Ser astro, ser anjo, ser estrela, ser seu
E lá de cima te olhar,
senti-la  mais perto de mim
queria ser sua amplidão sim
que não tem começo, meio ou fim.
Queria ser pedaço do Céu
Para quando, límpido e enluarado.
Olhares com ternura pra cima e me ver
Ser todas as constelações do seu ser.
Mas mero mortal eu sou
Caminhando cheio de saudades
Esperando para planar em teu Céu
Instantes intensos de felicidade.
Não sou herói
E nem possuo meu cavalo alado
Apenas um simples  apaixonado
Nem astronauta eu sou...
Apenas um demente
Que tenta conquistar o que não lhe pertence,
Querendo ter o Céu de presente
Fico sendo assim mais um louco,
Porque o Céu é para poucos...

Gilson costa