domingo, 30 de janeiro de 2011

Você que me deixa sem palavras,


Você que me deixa sem palavras,
Pois perto de ti
só quero agir,
Quero usar minha boca
Não para falar dos meus anseios
E sim para encher a tua de beijos
E deixar aprisionada
Toda palavra que deveria fluir
Palavras que fogem
E se escondem depressa
Quando minha alma travessa
Encontra a sua e te ama
Ha mais desejos que versos
Entre nos
A ascender minhas chamas


Gilson Costa