sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Palavras Vazias



Ao meu redor,
Palavras frias... vazias
Mascaras usada
Para esconder
Inteiras mentiras.

Teatro
Da enganação
Em plena atuação
Do viver
De forma não sentida
A verdade
Muitas vezes
Preterida

Acreditam-se
Nas Palavras,
Nos olhares
E na poesia,

Fala-se de amor
Com intensa
Sinceridade
E o verbo
Assim te dirige

Fala-se
De uma forma
Mas é de outra
Que se vive

Ao meu redor
Palavras sem entonação
Versos jogados ao vento
Sem honrar
Sentimentos
Sem se preocupar
Com o coração,

Tudo isso
Não é pouco
Pois não é o teu
E sim
O coração do outro!!!

Gilson Costa