domingo, 16 de janeiro de 2011

O que eu quero de você?


Ainda preciso te dizer?
Quero-a nua
Possuir a alma sua    
Transar feito animal
Em pé, no meio da rua...
Mostrar o quanto meu corpo
Fica gostoso,
E se arrepia com seu gozo
Pegar-te de quatro ou de lado
Num ritmo alucinado
Mostrando o quanto sou safado.
Quero-te vadia sim
Cavalgando sobre mim
Fazendo-me delirar
E dentro de você me acabar!
E não terei medo
De desvendar os teus segredos
 E te provar inteira
Com minha língua e com meus dedos
Quero te possuir
Na mesa ou no chão
De qualquer forma e posição
Extravasando todo o meu tesão
Quero me saciar
Dentro de você me acabar
Desfalecer de tanto gozar...
Quero-te mulher ardente      
Teu corpo sedento e quente
Com seu sexo molhado
Todo aberto e lubrificado
Pronto pra ser invadido e dominado
Gemendo em meus ouvidos
Perdendo os teus sentidos
Encontrando assim a sua paz
Loucamente me pedindo
Mete mais...

Gilson Costa