domingo, 30 de janeiro de 2011

FALAR DE SEXO? BY GILSON COSTA

 
Quer que eu fale de sexo...
Sem nexo, é complexo.
É mais que poesia...é o roçar da pele
Que arrepia
É amar noite fora e pelo dia
É fazer com teu corpo e meu corpo
Uma poesia
Cadencia, ritmo, respiração,
Molhar o corpo de suor
É tesão...

Adentrar em teu corpo, em tuas fendas
Fazer fantasia, fazer lenda
Percorrer suas curvas sem medo de derrapar
É te amar
Jogar-te no colchão
Na mesa, na cadeira ou no chão

Desatar todo os teus nos
Para ficarmos a sós
Alimentando nossa chama
Seja te seda ou algodão
Os lençóis de nossa cama
Os quais você tentar desesperadamente
Agarrar
Para o prazer não te sufocar
Para no meu corpo
Não se afogar...

Quer que eu fale de sexo
Entre nos dois....complexo...!