domingo, 26 de setembro de 2010

Homem errado...a mulher certa!


por uma porta, por uma fresta
um dia encontrei a mulher certa
ela estava do outro lado
e com o tempo notei, eu era
naquele momento o homem errado
em alguns momentos dispersos
cheguei a ser pra umas o homem certo
certo ou errado eu sei que vivi
amores intensos, eternos momentos
que se apagaram com o tempo
mas não passam e não se levam
com um simples vento

por uma rua, por uma estrada deserta
um dia encontrei a mulher certa
e fiquei então calado
naquele momento senti ser o homem errado
mas como a amor andava por perto
para umas cheguei a ser o homem certo
certo como um bom caminho
certo em não estar sozinho
mas a certeza não era de pedra
e quanto mais se acerta, mais se erra
e assim fui vencendo batalhas
mas perdendo a guerra.

andei juntando meus cacos
já fui príncipe, já fui sapo
já fui herói, já fui vilão
ouvi muitos sim, muitos não
a solidão ainda esperta
sou um homem errado
em busca da mulher certa

Gilson Costa

Para perder o juízo e fazer a vida uma festa
não é necessário o homem errado
nem a mulher certa
é necessário mãos dadas
almas amadas e correspondidas todo dia
ai pode-se dizer...que é só alegria