sábado, 4 de setembro de 2010

Busca

Desde o inicio
busquei encontra-la,
desde o inicio
corri atras de ti;
mas fugia-me como areia em peneira,
fugia-me como agua entre os dedos....


Desde sempre
tentei sonhar-te.
Desde sempre
busquei alcancar-te,
mas como forte fonte de luz
era dificil olhar-te de frente...
 Desde sempre te admirei
Desde sempre te venerei,
mas como arte que nao se entende
ou como Deus de outra religiao
nao te aceitei e te perdi...


Desde sempre tentei te decifrar
desde o inocio tentei te resolver,
mas como equacao sem variantes
ou como segredo indecifravel
nao consegui te inventar...
 Desde o comeco te sigo
desde o inicio te procuro,
mas como doutrina filosofica
ou como iluminacao espiritual
nao te desenvolvi...


Desde o comeco tento te desvendar
desde o inicio tento te definir,
mas como nao sei quem sou eu
nao posso saber quem és ti...



Gilson Costa