sexta-feira, 10 de setembro de 2010

CATEDRAL ( Réplica da poesia de Luciano Moraes )


LEVAVA UMA VIDA VAZIA
CERCADO DE FALSAS AMIZADES
SEGUINDO SEM RUMO
CAMBALEAVA EM BUSCA DO PRUMO

RESOLVI DESVIAR DO CAMINHO
EM BUSCA DE UMA LUZ
DIFICIL FOI TIRAR OS ESPINHOS
FACIL FOI CARREGAR MINHA CRUZ

VI QUE EXISTIA FELICIDADE
É SO NÃO ESCOLHER O LADO MAL
BUSQUEI MINHA LIBERDADE
FAZENDO DO ESPIRITO MINHA CATEDRAL..

GILSON COSTA