quinta-feira, 7 de junho de 2012


Os fatos são linguagens verdadeiras
As distorções vêm de nossas projeções
Resultam em mal-entendidos
Circulo vicioso
Que alimentamos cada vez mais
E ainda buscamos a paz.
Fugindo da constituição essencial
Vamos à direção do mal,
Mesmo sem saber.
Talvez a nossa formação
Talvez nossa sociedade
Esteja impregnada de uma maldade
Que se esconda no mais puro coração
Até que cresça e vire em explosão
O nosso lado escuro
Havera então futuro?
Em meio há tantas mentiras
Tantas falsas vidas
Que tentamos viver,
A duabilidade do ser
Que habita sem não fazer estrago
Um anjo e um diabo.

Gilson costa