sábado, 16 de junho de 2012

Amor, esse laço by Eliane Brito



O Amor é um embaraço

Se não me perco,

Não me acho

E se me acho perco o compasso

Tão contraditório sentimento

É veneno que cura

É antídoto que vicia

É eterno sem ter tempo 

É razão que se desavaria 

O maior de todos os temas

E o tema que ninguém domina

O amor, minha fortaleza

Ao mesmo tempo minha ruína