sábado, 24 de setembro de 2011

Quem sabe um dia!

Quem sabe um dia
Venhamos a reescrever a nossa poesia
Quem sabe um dia
Esbarramo-nos em nossas esquinas
Quem sabe um dia
Cantaremos juntos e sintonia
Quem sabe um dia
Eu volte a sentir tua geografia
Quem sabe um dia
Seja eu a tese de tua filosofia
Seja você, sol do meu dia
E seja sempre você... Todo dia!!!
Gilson Costa