quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Minha prece...


Senhor!
tirai os véus que encobrem meus olhos
para que eu possa enxergar a vida do jeito
que ela é, e não do jeito que eu gostaria que fosse,
para que eu possa discernir o caminho que devo seguir
daquele que me leva ao precipício.
Senhor!
dai firmeza ao meus incertos passos para que eles me levem
até as tuas veredas,
para que eu possa encontrar a paz que me falta.
Senhor dai-me o ar puro para respirar, pois o ar da incompreensão sufoca-me
Dai-me uma luz para que possa utilizar esta dadiva que tu me destes, usa-la de forma melhor: minha vida!
Dai-me força, coragem e sabedoria para não errar e quando errar admitir minha culpa e perdir perdão
Dai-me o dom de saber perdoar.
Senhor!
dai-me sensatez e se for para que aconteça as minhas certezas, dai-me o dom de saber esperar e se não for, que seja feita a tua vontade e que eu saiba distingui-la
Senhor!
dai-me abrigo em teu coração, alento em tuas palavras e companhia em sua virtude, que eu seja o melhor naquilo que sou: eu, mas que o meu melhor não turve meus olhos e não deixe que a vaidade seja meu guia
Sou teu servo Senhor
Que meus ultimos passos nesta terra seja por entre suas veredas e em tua gloriosa luz e por tua bondade infinita!
Melhora o mortal que eu sou...
Amém
Assim seja


Gilson Costa