terça-feira, 20 de setembro de 2011

Devo duvidar de mim? Eu que sempre acertei , mas só quando não estou errado, o que é quase sempre!


Devo duvidar de minha sanidade?
Devo duvidar de sentimentos...Sensações?
Devo duvidar do que me cabe
se me cabe e quando me cabe?
Devo duvidar de mim?
Devo duvidar
O que me conduz a isso
e minhas certezas
e minhas noites de sono,
minha paz interior
Devo entrar no ritmo louco
da ansia, da ganancia
Devo duvidar de mim?
E os sorrios que nascem
quando penso,
devo mata-los?
Não
Perdemos as melhores
coisas em nossas vidas
quando desistimos
E eu não estou a fim
de desistir de mim !!!!

Gilson Costa