terça-feira, 20 de setembro de 2011

Desculpe-me...




Desculpa por eu ser assim, intenso, egoista, apaixonado!
Desculpe-me por não saber te amar e por te perder
Desculpe-me por não deixar você ir e te querer
Desculpe-me pelo que fiz e pelo que deixei de fazer
Desculpe-me pelas poucas horas de alegrias e as muitas de sofrer
Desculpe-me por não te esquecer
Descupa-me o desejo de querer ter você
Descupa-me o amor que eu não consegui de dar
Desculpe-me a estrada que te fiz caminhar
Desculpe-me querer que vivesse os sonhos meus
Desculpe-me ingnorar os teus
Desculpe-me este medo esta insegurança
Desculpe-me esta inquieta criança
Desculpe-me por não ser mais do que sou
Desculpe-me o meu ser e tudo onde ele errou
Desculpe-me minhas as pobre rimas de minhas poesias
Desculpe-me esta insistencia, minha teimosia
Desculpe-me por você em minha oração
Desculpe-me por te fazer minha unica canção
Desculpe-me por não ter te tirado do meu coração
Desculpe-me se em minhas noites te chamo
Desculpe-me meu sentimento, pois ainda Te amo...

Gilson Costa