domingo, 12 de fevereiro de 2012

Quero ser os seus versos



Quero ser os seus versos
sua mais louca poesia
sua métrica, incerta e louca
as palavras na voz rouca
seu desconcerto, sua rima....



Posso levar o tempo da criação
desde que esteja me deliciando
neste corpo que é minha perdição
Nos braços da mulher que amo!!!

Começarei com um abraço apertado,
a te aconchegar em nosso ninho
agora onde os beijos serão dados???
em teu corpo todinho.

...A paz invadiu o meu coração
der epente me encheu de paz...
como se um vento de um tufão
arrancasse os meus pés do chão
onde já não me prendo mais!

Tenho todo o tempo do universo
pra te fazer entender
uma única coisa te peço:
deixa em teu corpo me perder



Só se for hoje, só se for agora.
Te farei entender a essência
dessas minhas reticências
num beijo ou no meu toque
deixa que minha pessoa te provoque
não resista e se renda
quem sabe assim você entenda!

São as palavras que não saem, as poesias que não rimam, são as lágrimas que caem pela tua falta aqui comigo!
São as noites más dormidas, os sonhos não realizados, as verdades não ditas, o espaço vazio ao lado.

é o teu excesso em minha existência, em cada poro, em cada canto! É você no meu DNA, na minha essência, minha eterna reticência ...

Deixa que eu te provoque
com meus beijos, com meu toque
não fuja, se renda
quem sabe assim entenda...

Só assim trocando o lápis e o caderno
por beijos e abraços
poderei te surpreender
e assim te fazer entender 
QUE VOCÊ É MEU UNIVERSO (...)

e pra finalizar meu verso 
trocando as reticências por ponto
Onde é então, meu universo
Que hoje a noite te encontro???

A gente tem uma sintonia
que faz comuns nossos desejos
me dá teus beijos, me toca fazendo sinfonia
Ops!!! La vem nascendo outra poesia!!!

E se é sublime nossos corpos 
olhos, lábios a se encontrar
me deixa ser divina poetisa
deixa eu te rimar!!! 

Gilson Costa...