quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Te desenhei em mim!!!


Desenhei você em mim, pelo menos tentei...
Meus olhos réus teus, reféns dos teus olhos
Tua boca, nada insípida, gravada em minhas sinapses
Mas teus olhos.... Ahhh quanto mistérios
E quantos prazeres habitavam neles
Será que consigo passar isso para o papel...
A tua doce e tentadora essência?

Gilson Costa