sábado, 21 de janeiro de 2012

Nossa Soma

Logo que te vi caí numa adição muito longa, numa conta onde não havia negativos, era uma equação com resultados reais e precisos. Mas penso, logo reflito e lembro que se tudo somava, então as distâncias também aumentavam numa progressão geométrica. Ainda bem que achei um erro decimal. Mesmo assim lutei muito para mudar esse sinal e comecei também a aumentar a probabilidade de te encontrar de novo. Demorou muito, e durante este tempo, tentando achar a solução, pensei que a minha equação do Amor em relação a tua não eram proporcionais maws sim, iguais a zero. Ainda bem que sempre ando com uma calculadora no bolso e foi com ela que eu percebi que o meu Amor era tão grande que não cabia no visor da mesma então, deduzi:



Solução = {Meu Amor pertence aos Complexos, sendo que ele por ti > infinito}