quarta-feira, 2 de março de 2011

NOSSO ENCAIXE



Como por em palavras, os nossos atos na cama
é desejo, arrepio, é o cio que me inflama
um encaixe simetricamente perfeito
é uma dança, nossos corpos e o palco é nosso leito


E o dizer do efeito do seu gostoso gemido
Filarmônica de Berlim, Musica para meus ouvidos
e quando dentro do teu corpo fico
tenho que conter meu tesão, tenho que conter meu grito


uma perfeita obra de arte, somos nós, o nosso encaixe.
Contra todas as leis da física, em prol das leis do universo,
somos eu e vc, opostos, inversos,
mas que quando juntos e apaixonados,
em cima, embaixo, lado a lado, somos únicos, somos enamorados


Grito de desejo e de puro desespero,teu jeito menina sapeca , meu tempero
e minha alma que então grita e teu olhar e beijo mole me atiça
te peço para se abrir mais ,para que eu entre em teu querer
assim busco a minha paz encontrando-a dentro de você


e toda vez que te possuo perco meu chão, meu rumo
só não perco o desejo de ter mais sempre teus beijos
e das historias de amor nem Romeu nem Julieta nem Orfeu
prefiro a nossa, o meu corpo sobre o teu


e meu corpo sobre o teu é arte divina e esta escrito
deslizo pra dentro de ti sem resistência e nem atrito
e quando estamos no ápice o UNIVERSO fica mais bonito


Gilson Costa