terça-feira, 30 de outubro de 2012

Prenda-me


Na transparência que me expõe
Prenda-me 

Na intensidade que me assusta
Prenda-me

No fio tenso que nos une
Prenda-me

Na suavidade com que me conduz
Prenda-me

No desaguar intenso
Rendo-me

Ata-me a teus devaneios
Faz que desate em mim todos os meus 

Van