sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Só digo: - Vem!




Só digo: - Vem!
Nada de promessas, planos mirabolantes ou amor eterno,
Tenho um amor de momento para te oferecer, amor de hoje,
Amanhã e depois. Amor que se constrói diariamente, sem formulas
Mágicas e sem pensar no final feliz, apenas no instante que se vive.

Só digo: - Vem!
Quem sabe assim deixa-me tentar te fazer feliz, mas sem roteiros,
Também não prometo ser perfeito, apenas promete te amar, andar ao teu lado,
Curtir teus sorrisos, chorar suas tristezas, dividir com você minha vida, vem...

Só digo: - Vem!
E não se demore, tu que há muito habitas em mim, vem tomar posse do que é teu...

Gilson Costa