domingo, 3 de abril de 2011

Achando-me em ti



perdido estava sem teus beijos
andando num deserto com sede
sede que teu corpo saciou
quando me amou
Amor sem limites
sem obstáculos
que estende todos
tentáculos
abraçando minha alma
achei em você
muito mais que minha calma
e meus pesadelos
que da minha noite
faziam morada, hoje não são nada
já não ha mais em mim
a incerteza, o cansaço,
pois achei-me em teus braços...

gilson costa