quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Talvez!


Talvez as palavras saiam do contexto,
Talvez não existam versos suficientes
Para compor um texto
Talvez!

Talvez as folhas fiquem amarelas
Talvez  que sabe as cores das canetas
Formem uma aquarela
Talvez!

Talvez falte a tal da poesia
Talvez não tenha melodia
Minha palavra, fria!
Talvez!

Talvez seja noite em mim
Em pleno dia,
Talvez ainda exista alegria,
Talvez!


Gilson Costa