segunda-feira, 16 de maio de 2011

Eu Quero:

 
"Quero encontrar algo nesse mundo que me traga, a cada noite,
a dádiva de um cansaço bom.

Que me permita olhar para as horas vividas com uma
clara convicção de que valeu a pena vivê-las.

Que me conduza ao sono sereno que nasce depois
dos desafios que o coração compra.

Que me convide a desejar um novo dia,
certa de que haverá um motivo para o qual levantar.
E por sabê-lo, por lembrá-lo, eu possa experimentar a paz de
adormecer sorrindo.

Quero encontrar algo nesse mundo que seja minha reza,  meu lugar sagrado.

Meu acorde mais harmonioso. Meu compromisso e minha liberdade.

A âncora que me ligue à terra. A ponte que me leve ao céu.

Algo que me encante e me entusiasme.

Que me acalente e me acorde.

Que me comova e me encoraje.

Que me faça colocar os pés na vida, enamorada e entregue.

Uma fonte de contentamento que independa de qualquer condição externa para me alimentar.

Quero encontrar algo nesse mundo que seja a expressão mais fluida do
meu amor.

Que esteja sintonizado com os propósitos da minha alma para a
jornada que realizo.


Que me ajude a dançar mais gostoso com a vida.

Que seja capaz de devolver lume aos meus olhos,
quando tudo me parecer opaco.

Um tesouro que, de verdade, me enriqueça.

Quero encontrar algo nesse mundo que faça eu me sentir útil na minha
passagem por aqui.

Que me incentive a continuar no meu caminho quando
as circunstâncias tentarem me convencer a desistir dele.

Que me ajude a fazer contato com o meu sol toda vez que
chover muito forte e eu sentir medo.

Que seja uma certeza quando os ventos marotos tirarem tudo do
lugar.


Quero encontrar essa preciosidade, da qual eu sinto uma imensa
saudade, como se estivesse na minha vida desde sempre.

Quero tatuá-la nos meus dias. Faze-la presente mesmo quando ausente.

Quero que suas digitais estejam presentes naquilo que eu
puder oferecer de melhor ao mundo.

Algo que fique, quando eu passar.

Algo que me traga, a cada noite, a dádiva, de um cansaço bom."


Ana Jácomo