quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Faz-se poesias
abandona o pretérito 
imperfeito
e segue, sem virgulas
distanciando dos pontos finais

Faz-se versos
busca em ti rimas ricas
e torna-te soneto
de suave sonoridade,
exclamações!

Faz-se poemas
preenche as folhas
brancas de minha vida
que se faça em mim
a sua poesia!

Gilson Costa