quinta-feira, 2 de maio de 2013



Coração insensato o meu
Um dia arco íris
Outro dia um breu

Um dia só acerta
Outro muito erra
Um dia pula, sangra
Outro dia de pedra.

Gilson Costa