sábado, 16 de março de 2013

Cicatrizes de Guerra...







Meu coração, repleto de cicatrizes, bate esperançoso
E calmo...
Não há como entrar na vida e não sair com marcas,
As marcas dizem que você viveu, lutou
Acertou e errou

Cicatrizes de Guerra,

Algumas são como prêmios,
Outras ainda doem e não fecham,
São chagas que teremos que levar.

Cicatrizes de Guerra

Nossas marcas de nossas batalhas
, ganhas, perdidas, as vezes empatadas

Mas o coração, ainda pulsa,
Pronto para novas cicatrizes,
Por que viver, é inevitável...!


Gilson Costa